Projeto Axé Brasil

Axé è ArtEducação

Diante das manifestações que aconteceram nos EUA , educandas(os) da Unidade de Augusto Omolú de Dança e Capoeira do Projeto Axé orientadas pelo Arteducador Ederson Nunes desenvolvem pesquisa sobre o racismo.

O Projeto Axé contra o racismo.

Após o  assassinato de George Floyd nos EUA por um policial e as grandes manifestações e protestos antirracistas que ocorreram decorrente deste ato, o movimento ativista Black Lives Matter (Vidas negras importam) que foi iniciado em 2013 ganhou o centro do debate público internacional.

O Black Lives Matter retoma a questão da violência institucional constantemente sofrida pela população negra. Devido a importância do debate o movimento repercutiu em vários países , inclusive no Brasil onde as(os) jovens negras(os) continuam sendo mortos devido ao racismo que atravessa nossa sociedade. Manifestações ocorreram em várias Cidades do Brasil, inclusive em Salvador,  e por se tratar de um assunto que faz parte do contexto das(os) nossas(os) educandas(os) ,que moram em bairros da periferia de Salvador e que sofrem constantemente essa violência, o Arteducador Ederson Nunes solicitou as(os) educandas(os) que fizessem uma pesquisa sobre o racismo e sobre o preconceito sofrido pela população negra para que pudessem compreender o momento atual de protestos mas também suas próprias realidades.

No enfrentamento ao COVID 19, vamos cumprir o isolamento social. As ações do Projeto Axé contam com os parceiros: Secretaria de Estado de Justiça Direitos Humanos e Desenvolvimento Social – SJDHDS, Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate a Pobreza – SEMPRE, Conselho Municipal da Criança e do Adolescente através da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude, Programa Criança Esperança/UNESCO, IPAC, Coelba, Comunidade Franciscana da Bahia, Fundação San Zeno, Conferência Episcopal da Itália – CEI, Tavola Valdese, Crossing Borders, Estado Alta Áustria, XXX Lutz, Huebler Kaeltetechnik, AGRU Bad Hall, Greiner Kunststoffechnik
#projetoaxé #arteducacao #projetoaxe30anos #projetoaxeadsumus